Anúncios
Assinatura RSS

Arquivo da tag: Alfa Beth

História da Numerologia

Publicado em

Na Bíblia Sagrada, no Livro de Salmos, no Salmo ll9 que trata da observância da Lei de Deus, podemos ver que seus versículos têm 22 títulos, que pela ordem correspondem ao alfabeto hebraico (Ed.Paulinas, Ed.1967, II vol.ps.121/126).
A numerologia por ser uma ciência tão antiga quanto à astrologia, com o tempo sofreu alterações, os próprios valores numéricos das letras do alfabeto atribuídos a Pitágoras sofreu alterações e distorções que podem ser constatadas com facilidade, pois pela tradição cabalística a letra G tem vibração 3, e que sendo a terceira letra grega, tem recebido da maioria dos numerólogos o valor de 7, seguindo a ordem alfabética atual.

O alfabeto Caldeu, que deu origem ao Hebreu e que se encontra inscrito no Taro, em comparação e correspondência com as letras do alfabeto grego, apresenta uma grande semelhança, tornando-se claro que ambos são de uma mesma origem comum, como já nos provam os primeiros nomes:

Aleph ……Alfa; Beth……Beta; Ghimel……Gama; Daleth……Delta.

O alfabeto hebraico é tão lógico que representa sempre três sentidos: um natural e material; um simbólico e um espiritual. Para conhecer o sentido espiritual e o simbólico é necessário conhecer o valor semântico das letras.
A Cabala se perde na noite do tempo, donde o Universo foi gerado, é a ciência dos números. A eficácia dos números não é pequena, pois o Universo inteiro foi criado por número, peso e medida. Para o entendimento humano, nada representa mais claramente a Essência Divina do que os números. Dos números todas as coisas naturais e artificiais procedem, subsistem e recebem suas virtudes. O tempo consiste em números, assim como todo o movimento. O poder que existe na harmonia e nas vozes advém dos números e consiste nos números e suas proporções. Indicam um caminho para descobrir e compreender todas as coisas possíveis de serem conhecidas; e, pelo princípio formal, dão acesso à premonição. Os números vêm a ser entidades viventes, espirituais cuja presença é sentida em toda a existência, e possui uma eficácia e virtude prodigiosa tanto para o bem quanto para o mal.

Os números produzem bastante efeito sobre a alma, os cálculos aritméticos sobre o corpo e a harmonia sobre o todo; contêm virtudes grandiosas e sublimes, tudo o que existe na natureza forma uma Unidade pelo encadeamento de causas e efeitos, e cada uma destas causas referem-se a um número determinado. Os sábios da Antigüidade procuravam ter uma formação completa sobre a cultura de sua época, aprofundando-se nos estudos científicos e espirituais, respeitando o poder do conhecimento, e tendo muito escrúpulo na transmissão dos mesmos.

Pitágoras foi primordialmente místico e filósofo, nasceu na ilha grega de Samos em torno de 582 a.C., no mar Egeu; deixou muito cedo a casa dos pais, viajando para o Egito, onde foi iniciado em doutrinas matemáticas. Há quem diga que ele estudou com Zoroastro, o sábio persa, e que aprendeu a Cabala na Judéia.

Conseqüentemente, a ciência dos números que ensinou era baseada em princípios cabalísticos. Pitágoras ensinava que “a evolução é a lei da vida; o número é a lei do universo; e a Unidade é a lei de Deus”. Ensinava também, que os números são diferentes dos algarismos ou números naturais, “os números representam qualidades; os algarismos representam quantidades. Os números operam no plano espiritual, enquanto os algarismos servem para medir as coisas no plano material”.

Pitágoras revelou aos iniciados, Platão era um de seus discípulos, o real valor das letras e sons correspondentes, que com alguma diferença, é o mesmo do alfabeto caldeu; pois cada palavra e nome vibram de acordo com um número e cada número tem seu significado interior.

Com esse trabalho minha pretensão é levar o auto-conhecimento a todos que desejam, através da maravilhosa Ciência dos Números, que sobreviveu a todas as vicissitudes do tempo por serem verdades eternas, e assim compreender um pouco mais sobre o mistério, o enigma da existência; pois todas as pessoas, têm necessidade de compreensão a nível interior, e eu acredito que este conhecimento traz harmonia e proteção.

Por Jane Prisca Giusti

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: